03/06/2011

Será que estamos em busca da independência?



 
               Oi gente hoje eu vou falar um pouco sobre um assunto que me interessou bastante e espero que vocês também se interessem.
Os jovens brasileiros estão saindo cada vez mais tarde da habitação de seus papais e mamães. O fato, conhecido como geração canguru, abrange jovens que, em sua superioridade, estão dispostos a abrir mão da liberdade em troca do aconchego de viver com os parentes, seja para se formar financeiramente, nutrir o exemplo de boa vida ou ate mesmo delongar os encargos de uma vida amadurecida e independente.
            Muito diferente das décadas passadas (anos 70 e 80) quando o jovem idealizava a sua liberdade nem que seja em um “cafofo” na periferia da cidade, onde ser dono de seu nariz era se livre da vida dependente dos pais. Agora vemos uma filosofia muito diferente. Vejo como exemplo o Tuco do seriado brasileiro “A grande Família” transmitida pela emissora Rede Globo, rapaz que já estar acomodado aos caprichos de sua confortável casa “que na verdade pertence aos pais”. E essa geração não só se da à jovem desempregados ou sem esboço superior! Estudos comprovam que ate homens e mulheres (com faixa etária entre 29 e 32 anos) bem sucedidos financeiramente aderem a esse novo conceito! Publicitários, executivos entre outros. Esse assunto é muito abrangente e esta sendo muito comentado nos últimos tempos!
                Agora e você? Você pertence a essa geração denominada canguru? Ou ainda tem aquele sonho de ser independente e livre?

14 comentários:

mayara belmont disse...

Oi polly, Amei o seu bloguito!
Estou te seguindo, beijo
www.worldsweetc.blogspot.com

Larissa, Lara, Lalá, .... disse...

Oi Pollyana
Olha, eu me casei com 33 anos e fiquei em casa ate' entao. Eu trabalhava, era independente mas curtia muito morar com a minha avo'e minha mae. Beijos

Pollyana Pinheiro disse...

Oi lari, eu tenho 18 tbm moro com os meus pais, e pretendo morar ate quando puder! Claro que eu quero a minha liberdade, mas vejo que ficar aqui com os meus pais é uma opção mais viavel!

Alessandra, disse...

Aiaiai eu sou dessa geração canguru, tenho 32 anos, meu trabalho, já sou formada, tenho minha independencia financeira, namoro, mas dificil de largar a casa dos meus pais, q tb é minha...rsrs...bjs

www.mdemulhermoca.blogspot.com

niel disse...

Como filho, amadurecer piscologicamente significa ser auto-suficiente sem se desfazer da proteção familiar... A família é o elo da sociedade, a base que Deus constituiu para o homem feliz, portanto não abro mão da minha família! Por mais auto-suficiente que eu seja! A minha família é a minha maior felicidade! Nem sou canguru, nem independente, sou apenas o filho que busca sua auto-suficiência e ao mesmo tempo busco estar o mais próximo possível da minha família! Por que a minha família é benção de Deus!

Luana Reis: disse...

Ahhn, primeiramente eu queria te dar os Parabéns pelo blog, que está a coisa mais linda! *-*
Bom, apesar de querer muito ter minha independencia, eu acho que to mais pra geração canguru haha. Mas eu só tenho 16 anos, então tem muita coisa pra acontecer ainda. Beeijo
http://garotasmalvadas.blogspot.com/

Mariana Ayumi disse...

Ah, não sei o futuro. Mas eu tenho o sonnho de me tornar independente!
E muito obrigada pelo coments!




http://allaboutteeen.blogspot.com
Volte Sempre!

Jo Moura disse...

Muito bacana esse post,pois tenho 27 anos e sou solteira e só pretendo sair de casa quando estiver casada,faço faculdade e pra mim fica mais viavel morar com meus pais,além de que,adoroooOOO!
Obrigada pela visita,seu blog tá super fofoO.
Bjos!

Bruno Siqueira disse...

Gênesis, você realmente tem uma 'veia' jornalistica mais uma vez uma belíssima postagem. A respeito do assunto abordado me vejo como Niel bem explicou, não fasso parte de nehuma das duas correntes, apenas gosto de aproveitar momentos junto com a minha família, assim como, também gosto da liberdade de refletir sobre minhas ações sem intervenrenças de terceiros, embora concorde que a família seja sagrada e também o pilar primordial para a criação da honra e caráter de qualquer cidadão, devemos lembrar que o erro também é parte do aprendizado, e tendo isso como verdade acredito que ninguém possa evoluir sendo superprotegido a toda hora pela 'barra da saia da mãe' devemos nos expor para que amanhã não soframos com as experiências que deixamos de adquirir quando mais novos.

Pollyana Pinheiro disse...

Gente obrigado pelos comentarios super construtivos, ameio o ponro de vista de cada um!

Luana disse...

Eu ainda com os meus 25 anos estou morando com minha irmã e meu cunhado, pelo menos sai da casa da minha mãe com 14 hauahuahu, mas acho que só saio daqui para casar mesmo! :)

Thus disse...

eu axo q a familia é importante, com certeza, longe de mim dizer coisa contraria. porem amo a ideia de ter um lugar so pra mim, fazer o q bem entender, e ter total privacidade. claro q nunca irei deixar de lado minha familia, mas nao pretendo ter 35 morando com ela.

CandyReis disse...

Hoy linda , tem muitos templates que não funcionam essa opção dos comentários , mas vou indicar um ai você tenta :)

http://www.dicasparablogs.com.br/2010/04/colocar-emoticons-nos-comentarios-do.html

Rafaah Paixao disse...

Te seguindo flor* retribui?
http://maniasgirls.blogspot.com/

Postar um comentário

Oi pessoas comentem a vontade, mas não use palavrões, fica super chato isso :/

03/06/2011

Será que estamos em busca da independência?



 
               Oi gente hoje eu vou falar um pouco sobre um assunto que me interessou bastante e espero que vocês também se interessem.
Os jovens brasileiros estão saindo cada vez mais tarde da habitação de seus papais e mamães. O fato, conhecido como geração canguru, abrange jovens que, em sua superioridade, estão dispostos a abrir mão da liberdade em troca do aconchego de viver com os parentes, seja para se formar financeiramente, nutrir o exemplo de boa vida ou ate mesmo delongar os encargos de uma vida amadurecida e independente.
            Muito diferente das décadas passadas (anos 70 e 80) quando o jovem idealizava a sua liberdade nem que seja em um “cafofo” na periferia da cidade, onde ser dono de seu nariz era se livre da vida dependente dos pais. Agora vemos uma filosofia muito diferente. Vejo como exemplo o Tuco do seriado brasileiro “A grande Família” transmitida pela emissora Rede Globo, rapaz que já estar acomodado aos caprichos de sua confortável casa “que na verdade pertence aos pais”. E essa geração não só se da à jovem desempregados ou sem esboço superior! Estudos comprovam que ate homens e mulheres (com faixa etária entre 29 e 32 anos) bem sucedidos financeiramente aderem a esse novo conceito! Publicitários, executivos entre outros. Esse assunto é muito abrangente e esta sendo muito comentado nos últimos tempos!
                Agora e você? Você pertence a essa geração denominada canguru? Ou ainda tem aquele sonho de ser independente e livre?

14 comentários:

  1. Oi polly, Amei o seu bloguito!
    Estou te seguindo, beijo
    www.worldsweetc.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Pollyana
    Olha, eu me casei com 33 anos e fiquei em casa ate' entao. Eu trabalhava, era independente mas curtia muito morar com a minha avo'e minha mae. Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oi lari, eu tenho 18 tbm moro com os meus pais, e pretendo morar ate quando puder! Claro que eu quero a minha liberdade, mas vejo que ficar aqui com os meus pais é uma opção mais viavel!

    ResponderExcluir
  4. Aiaiai eu sou dessa geração canguru, tenho 32 anos, meu trabalho, já sou formada, tenho minha independencia financeira, namoro, mas dificil de largar a casa dos meus pais, q tb é minha...rsrs...bjs

    www.mdemulhermoca.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Como filho, amadurecer piscologicamente significa ser auto-suficiente sem se desfazer da proteção familiar... A família é o elo da sociedade, a base que Deus constituiu para o homem feliz, portanto não abro mão da minha família! Por mais auto-suficiente que eu seja! A minha família é a minha maior felicidade! Nem sou canguru, nem independente, sou apenas o filho que busca sua auto-suficiência e ao mesmo tempo busco estar o mais próximo possível da minha família! Por que a minha família é benção de Deus!

    ResponderExcluir
  6. Ahhn, primeiramente eu queria te dar os Parabéns pelo blog, que está a coisa mais linda! *-*
    Bom, apesar de querer muito ter minha independencia, eu acho que to mais pra geração canguru haha. Mas eu só tenho 16 anos, então tem muita coisa pra acontecer ainda. Beeijo
    http://garotasmalvadas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Ah, não sei o futuro. Mas eu tenho o sonnho de me tornar independente!
    E muito obrigada pelo coments!




    http://allaboutteeen.blogspot.com
    Volte Sempre!

    ResponderExcluir
  8. Muito bacana esse post,pois tenho 27 anos e sou solteira e só pretendo sair de casa quando estiver casada,faço faculdade e pra mim fica mais viavel morar com meus pais,além de que,adoroooOOO!
    Obrigada pela visita,seu blog tá super fofoO.
    Bjos!

    ResponderExcluir
  9. Gênesis, você realmente tem uma 'veia' jornalistica mais uma vez uma belíssima postagem. A respeito do assunto abordado me vejo como Niel bem explicou, não fasso parte de nehuma das duas correntes, apenas gosto de aproveitar momentos junto com a minha família, assim como, também gosto da liberdade de refletir sobre minhas ações sem intervenrenças de terceiros, embora concorde que a família seja sagrada e também o pilar primordial para a criação da honra e caráter de qualquer cidadão, devemos lembrar que o erro também é parte do aprendizado, e tendo isso como verdade acredito que ninguém possa evoluir sendo superprotegido a toda hora pela 'barra da saia da mãe' devemos nos expor para que amanhã não soframos com as experiências que deixamos de adquirir quando mais novos.

    ResponderExcluir
  10. Gente obrigado pelos comentarios super construtivos, ameio o ponro de vista de cada um!

    ResponderExcluir
  11. Eu ainda com os meus 25 anos estou morando com minha irmã e meu cunhado, pelo menos sai da casa da minha mãe com 14 hauahuahu, mas acho que só saio daqui para casar mesmo! :)

    ResponderExcluir
  12. eu axo q a familia é importante, com certeza, longe de mim dizer coisa contraria. porem amo a ideia de ter um lugar so pra mim, fazer o q bem entender, e ter total privacidade. claro q nunca irei deixar de lado minha familia, mas nao pretendo ter 35 morando com ela.

    ResponderExcluir
  13. Hoy linda , tem muitos templates que não funcionam essa opção dos comentários , mas vou indicar um ai você tenta :)

    http://www.dicasparablogs.com.br/2010/04/colocar-emoticons-nos-comentarios-do.html

    ResponderExcluir
  14. Te seguindo flor* retribui?
    http://maniasgirls.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Oi pessoas comentem a vontade, mas não use palavrões, fica super chato isso :/